Diagnóstico Molecular H1N1

Vírus da Influenza A (H1N1)

O H1N1 é um vírus, também conhecido como Influenza A, que pode causar infecção respiratória aguda e pode afetar indivíduos em todas as faixas etárias.
Sua transmissão ocorre por contato direto ou indireto com partículas virais presentes em secreções respiratórias, após a pessoa contaminada tossir, espirrar ou até falar. Também conhecida como gripe Influenza tipo A ou gripe suína, ela se tornou conhecida quando afetou grande parte da população mundial entre 2009 e 2010.

Sintomas
Clinicamente, os sintomas geralmente são leves, como febre, tosse, dor de garganta, calafrios e dores musculares. No entanto, alguns pacientes podem manifestar quadros graves, evoluindo para o óbito.

Prevenção

  • Sempre cobrir a boca e o nariz com um lenço de papel ao espirrar ou tossir;
  • Evite manter contato próximo com uma pessoa que esteja infectada;
  • Lave sempre as mãos com água e sabão. Evite levar as mãos ao rosto e, principalmente, à boca;
  • Leve sempre com você um frasco com álcool gel e utilize em suas mãos com frequência;
  • Mantenha hábitos saudáveis. Alimente-se bem e coma bastante verduras e frutas. Beba bastante água;
  • Não compartilhe utensílios de uso pessoal, como toalhas, copos, talheres e travesseiros;
  • Se achar necessário, utilize uma máscara para proteger-se de gotículas infectadas que possam estar no ar;
  • Evite frequentar locais fechados ou com muitas pessoas.

Diagnóstico Molecular

O diagnóstico da infecção pelo vírus H1N1 é através da análise de uma amostra do trato respiratório superior ou inferior pelo exame RT-PCR.

O Laboratório Genolab realiza o exame com liberação em até 48hrs.

Entre em contato com nossa assessoria científica (Clique Aqui) e saiba o que a Biologia Molecular pode fazer por você.

 

Compartilhe esta informação